jusbrasil.com.br
31 de Março de 2020

Diário do Concurseiro

Camila A. Sardinha Rodstein, Advogado
há 4 anos

Dirio do Concurseiro

Por Dra Allana Araujo para o Diário da Vida Jurídica

É com muito carinho que eu inicio esta nova coluna do blog Diário da Vida Jurídica. Acho que nada faz mais parte da vida jurídica do que os estudos: sejam eles direcionados à prática da advocacia ou aos concursos públicos.

A verdade é que se você, em algum momento de loucura, escolheu cursar a faculdade de Direito e decidiu fazer bem feito, entenda que você nunca mais vai parar de estudar. Independente da área que você for atuar.

Com certeza que em todas as áreas, quando se fala em bom profissional, o estudo nunca acaba. Mas, na seara do direito, o estudo contínuo, muitas vezes, é involuntário. Afinal, as leis mudam, os posicionamentos judiciais novos surgem o todo tempo, as interpretações também se alteram, e por ai vai, o operador do direito tem que estar, pelo menos, atualizado na sua área de atuação, senão perece.

O Direito não é estável, verdade seja dita. Nestas horas é que eu penso que talvez cursar matemática teria sido mais fácil, só que não pra mim (risos), vou ficar com Direito mesmo.

Tudo bem, mas e quando se trata de concurso público na área do direito, como e quanto se deve estudar? É disso que a gente vai tratar nesta coluna.

Já inicio dizendo que a receita para esta pergunta eu não tenho. Existem vários estudos sobre como o "concurseiro" deve estudar de acordo com a neurolinguística, de acordo com a opinião de gente que passou e concursos de alto nível e entre outras dicas.

No entanto, a maior verdade sobre isto é que, cada "concurseiro" precisa descobrir o seu método. É claro que existem várias dicas e instruções que servem e devem ser aplicadas. Mas, como saber qual devo aplicar nos meus estudos? Testando, minha gente.

Não tem receita, né gente! É tipo dieta, existem umas 500 na internet, mas qual é a melhor? Ninguém sabe, depende do seu organismo, do seu tempo, do seu bolso etc. Testa para saber.

A verdade é que a maior dica sobre estudo para concurso público que já existiu na vida inteira é: ESTUDE!

Fácil, não é? Não, não é!

Nós queremos passar, sabemos que temos que estudar, inclusive, sabe-se que a concorrência é grande e os concorrentes, não sei por que, estudam muito mais. Mas, quando a gente senta para estudar, ou pensa a respeito, bate uma preguiça, né? Aparece um milhão de coisa para fazer, uns parentes pedindo ajuda e as festas? Nem se fala.

Nestas horas, concluo que o meu maior talento na vida é procrastinar. Por que olha, aquele cronograma de 6 horas de estudo por dia desenvolvido pela minha coach não está dando para cumprir, gente. É difícil.

Mas, antes de falarmos sobre como é difícil achar a concentração para estudar, vem uma pergunta muito importante sobre concurso. O que você quer para sua vida é isso mesmo? É este cargo público que você quer? É o serviço público que vai te trazer a satisfação profissional que você procura?

Ninguém tem ânimo para se dedicar 6 horas por dias, ou que sejam apenas 2 horas, em algo que não quer de verdade.

É muito difícil você anular da sua vida coisas que você gosta em detrimento de algo que não quer verdadeiramente. Motivações como, por exemplo, o dinheiro, a estabilidade ou porque outras pessoas acham que é o melhor para você, não é suficiente para te manter estudar por 6 meses, 1 ano, 2 ou mais, a depender do cargo público.

O estudo não vai render, você vai se enganar, a aprovação não vai vir ou, se vier, vai ser sofrida, demorada, não será uma caminhada com um final feliz, mas uma verdadeira maratona sofrida e cansativa, daquelas que a gente ganha uma medalha só pra dizer que estava presente, sem significado, que inclusive, fica enferrujada bem rápido.

Para este ano, que ainda terão muitos concursos por vir, talvez não o concurso dos seus sonhos, mas com certeza, o dos sonhos para muitos, pergunte a si mesmo se este é o propósito que você quer para a sua vida.

Pergunta-se se você está realmente disposto, interessado e com vontade de abrir mão de muita coisa para cumprir a melhor e mais relevante dica sobre passar em concurso: ESTUDAR!

Aproveita que o ano começou (já passou o carnaval), toma uma decisão e, caso seja este o seu projeto para 2016, vem comigo acompanhar este diário.

Por que ó, ás vezes parece que vida de "concurseiro" é só estudar, mas, além disso, tem muito assunto que dá pra gente conversar juntos por aqui.

Abraços e bons estudos.

AVISO IMPORTANTE

Este texto foi originalmente publicado no blog Diário da Vida Jurídica, sob autoria da Dra. Allana Araujo. A reprodução total ou parcial deste é autorizada somente mediante manutenção dos créditos e citação da fonte original (link aqui). Grata.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)